O que é a rosácea?

A rosácea é uma doença cutânea crónica comum que afecta principalmente a pele do rosto. O seu aparecimento é comum por volta dos 30 ou 40 anos, alcançando o seu auge aos 40 ou 50 anos. As causas da rosácea não estão ainda identificadas. Entre outros, um distúrbio microcirculatório parece ser um dos factores importantes da doença. [ver – patofisiologia da rosácea] A rosácea em fase inicial caracteriza-se por um eritema persistente e por telangiectasias, principalmente na face, muitas vezes seguidos de pápulas e papulopústulas. Posteriormente, pode ocorrer hiperplasia do tecido conjuntivo e das glândulas sebáceas. Isto pode provocar uma hipertrofia do nariz, denominada rinofima. A rosácea desenvolve-se por fases, podendo afectar os olhos, resultando normalmente em blefarite e conjuntivite. Podem ainda ser afectadas outras zonas do corpo para além da face, como as zonas retroauriculares, região cervical, o tórax, o dorso e o couro cabeludo. A aparência clínica pode ser semelhante à da acne, embora esta, ao contrário da rosácea, não seja uma doença folicular primária.

DermIS.net Uni Heidelberg