Informação geral

Tipos de rosácea

Factores agravantes

Tratamento

Exemplos de casos

Informação do utilizador
 Go!
EnglishDeutschEspañolFrançaisPortuguêsRussianTurkey
home
Classical subtypes
Rosácea diatésica
Fase I
Fase II
Fase III
Variants


feedback
resources
FAQ
disclaimer
team info
site map

Subtipos clássicos – Fase III

Zoom (40KB)

Esta fase caracteriza-se por grandes nódulos inflamatórios, infiltrações furunculóides, espessamento da pele, pele edematosa, poros dilatados, nódulos irregulares e dilatação. Isto pode provocar rosácea fimatosa, que afecta principalmente o nariz (rinofima). Pode ainda afectar, embora com menos frequência, o mento, a fronte, as regiões malares e os pavilhões auriculares. Pode ser acompanhada por dilatação folicular, eritema persistente, telangiectasias, endurecimento e aspereza da pele nestas zonas.
O diagnóstico diferencial inclui, dependendo do quadro clínico do doente, acne vulgar, leontíase lepromatosa ou leucémica, hiperplasia nevóide das glândulas sebáceas hereditária, síndroma de Melkersson-Rosenthal, acromegalia.

Zoom (56KB)
Zoom (121KB)
Zoom (249KB)
Zoom (197KB)



 Classifique o nosso site:

Gostaríamos de saber a sua opinião acerca deste site

Classifique o nosso site
DermIS.net Uni Heidelberg