Tratamento – Fase I

Tópico

O tratamento para a rosácea de fase I inclui a administração de antibióticos tópicos. O seu modo de acção exacto ainda é desconhecido, mas pensa-se que funcionam sobre a rosácea através da sua acção anti-inflamatória.
São utilizados os seguintes antibióticos/anti-infecciosos tópicos:
Metronidazol 0,75% - 2% (disponível sob a forma de gel, creme ou conforme prescrição individual)
Eritromicina 0,5% - 2%
Clindamicina 0,5% - 2%
Tetraciclina 0,5% - 2%

O ácido azelaico a 15%, uma terapêutica tópica recentemente aprovada para o tratamento da rosácea, pode também ser experimentado na fase I, já que demonstrou reduzir o eritema. O ácido azelaico actua provavelmente graças ao seu efeito anti-inflamatório.

Os preparados tópicos com vitamina C (como o creme com ácido L-ascórbico a 5%) são consideradas eficazes contra a inflamação na rosácea, reduzindo assim o eritema. No entanto, não existem estudos controlados a este respeito.


Laser e Luz

No tratamento de telangiectasias faciais, pode utilizar-se o laser de argon ou o laser pulsado de contraste. O tratamento com uma fonte intensa de luz pulsátil, não laser, também demonstrou resultados promissores em estudos anteriores.

Electrodessecação

As telangiectasias faciais também são tratadas utilizando uma agulha de depilação.

DermIS.net Uni Heidelberg